O que é bom para azia e refluxo? Mitos e verdades na hora de tratar esses sintomas

Entenda como a alimentação pode contribuir com o alívio desses sintomas e hábitos que ajudam a prevenir esses problemas.

Parar de fumar pode ajudar a diminuir o refluxo?

Verdade. Um estudo publicado no periódico Plus One apontou que o tabagismo está diretamente relacionado com a doença do refluxo gastroesofágico. Ao analisarem pacientes que cessaram o hábito, foi possível encontrar uma melhora nos sintomas do refluxo, tornando-se uma recomendação para quem sofre com esse problema.

Vinagre de maçã ajuda no combate da azia?

Mito. Uma pesquisa feita na Arizona State University comparou os usos do vinagre de maçã no cuidado com a azia e má digestão. Como resultado, não houve alterações significativas em sintomas gastrointestinais após o consumo do líquido e mais estudos são necessários para entender se há, de fato, algum benefício.

Tomar café após as refeições pode causar refluxo?

Parcialmente verdade. Não há um consenso científico a respeito do consumo de café e outras bebidas quentes em relação ao surgimento de doenças do estômago. Um estudo publicado pelo Tzu Chi Medical Journal apontou que não há relação entre café, chá e leite quente nos sintomas de refluxo. Por outro lado, uma pesquisa de revisão do Food Science and Technology associa o consumo exagerado de café a sintomas de doenças estomacais. Portanto, são necessários mais estudos para entender essa relação.

A dieta mediterrânea pode ajudar a evitar refluxo?

Verdade. Um artigo publicado no periódico JAMA apontou que uma dieta mediterrânea baseada em vegetais pode ajudar no combate aos sintomas de refluxo ácido quando as pessoas também seguem o conselho padrão de cortar certos alimentos de sua dieta.

Responsabilidade de conteúdo e produção: GANEP.

Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Agende seu horário:

Menu